Como conquistar a fluência em inglês

Falar inglês fluentemente está entre as metas de estudantes e de profissionais das mais diversas áreas, independentemente da finalidade – se é para ingressar na graduação, fazer um intercâmbio ou conseguir um novo emprego. O processo de aprendizado requer esforço, dedicação e foco por parte do aluno, mas também há um conjunto de fatores externos, como a escolha assertiva da escola de idiomas.

Com mais de 20 anos de experiência na área da educação, Valéria Castiglioni, que é professora e diretora da Cultura Inglesa Jundiaí, indica os passos que devem ser dados para que a fluência seja conquistada. “Primeiramente é a escolha da escola. O aluno deve observar a infraestrutura, o atendimento, a qualificação dos professores, o material didático e também os recursos tecnológicos que são utilizados em sala de aula. Como diferencial, nós não temos taxas de matrícula e contrato de fidelidade e, nossa equipe acadêmica tem capacitação contínua de, pelo menos, 100 horas por ano”, indica.

Na Cultura Inglesa, a inovação pode ser percebida em diferentes contextos no ambiente de estudo. “Na escola, temos lousas interativas e um centro multimídia. No conteúdo, trabalhamos o desenvolvimento de projetos como o ‘Getting down to business: a snack for the break’, que foi idealizado por uma de nossas professoras e que incentiva o empreendedorismo. Além disso, sempre promovemos eventos que estimulem o contato do aluno com a cultura dos países de língua inglesa”, detalha Valéria.

Segundo a diretora, fazer a melhor escolha é sinônimo de garantia de retorno no investimento feito pelo estudante. “O custo x benefício tem de ser levado em consideração, além de não criar uma expectativa ou ilusão em relação ao aprendizado”, alerta.

Exemplo disso é a aluna Giovana Michelle Freitas, que foi aprovada no mestrado da Universidade de São Paulo. “Em fevereiro de 2016, o meu objetivo era aprender inglês, então me matriculei na Cultura. No fim do ano, fiz a prova de mestrado e conquistei o 5º lugar de 24 candidatos. Agradeço a todas as professoras que me fizeram e me fazem gostar da língua inglesa de maneira surpreendente”, relata.

Para Valéria, conquistas como a de Giovana mostram como o esforço em conjunto é recompensador. Outro aspecto que a diretora considera essencial é o compartilhamento de informações para que se estabeleça um bom relacionamento entre escola e aluno. Por isso, ela preparou algumas dicas que podem ser colocadas em prática para quem quer falar inglês com fluência:

  1. Na escola, participe dos exercícios propostos em sala de aula pelo professor e evite faltar ou chegar atrasado;
  2. Estabeleça uma rotina de estudos – inicialmente, de uma hora por dia – que contemple as quatro habilidades da língua, speaking, listening, writing e reading;
  3. Use aplicativos para auxiliar nos estudos: a Cultura Inglesa conta com o e-campus e o e-young, por exemplo;
  4. Aproveite todas as oportunidades de contato com a língua inglesa, seja em um evento ou conhecendo pessoas de outras nacionalidades;
  5. Treine seus ouvidos, assistindo sua série preferida sem legenda e ouvindo a música que mais gosta em inglês.

Deixe uma resposta